app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Caderno B

TEATRO SOLIDÁRIO

Chistiano Marinho, ator de ‘Romeu e Juli...EEEITA’, lança DVD da comédia ‘Paloma Recebe’, seu primeiro solo; venda é online e renda poderá ajudar outros artistas

Por MARIA CLARA ARAÚJO*/ ESTAGIÁRIA | Edição do dia 20/05/2020 - Matéria atualizada em 19/05/2020 às 22h52

Foto: Q
 

Foto: Divulgação
 

Foto: Q
 

Em meio a grande crise trazida pela pandemia do novo coronavírus, vários projetos solidários foram feitos para ajudar pessoas que estão passando dificuldades. Um dos setores que mais saiu prejudicado foi o cultural. Vendo muitos amigos, e toda classe artística pedindo por socorro, o ator e produtor artístico, Christiano Marinho, retomou com o seu espetáculo Paloma Recebe, agora em DVD. O dinheiro arrecadado será revertido em cestas básicas. A comédia “Paloma Recebe” é um dos espetáculos do projeto Teatro Solidário, que lotava teatros anos atrás, com peças como ‘Romeu e Juli...EEEITA?’, e retrata um programa de TV com muita alegria e estrondosa audiência apresentado pela loira mega star Paloma Paula, sucessora de Hebe Camargo e musa inspiradora de Xuxa Meneghel. O Palco se transforma em um estúdio de TV e a plateia em um grande auditório. A comédia é estrelada por Christiano Marinho, criador do Teatro Solidário, e que roteirizou junto com o ator Daniel Dabasi, todo o espetáculo. Com uma direção dinâmica, humor frágil e muito improviso, Paloma Recebe ganhou seu próprio DVD. Segundo Christiano, a gravação ocorreu há 6 anos em Maceió e há 4 anos em São Paulo, mas conforme o projeto foi ficando pronto, os DVDs já eram ultrapassados, o que o fez arquivar a gravação. Em meio ao cenário triste e de várias perdas que a Covid-19 tem deixado, o ator resolveu lançar um DVD Virtual Solidário, que além de ajudar as pessoas da classe artística, traz o humor como uma proposta de distração para cuidar da saúde mental do público. “O humor é uma ferramenta tão poderosa nesse sentido. Vi que seria o projeto ‘providencial’, pois alimenta a alma e pessoas com vulnerabilidade. Sempre fui envolvido em projetos sociais. Fazer arte é estar envolvido com as questões do nosso tempo, não dar para desvincular”, comenta o ator. Christiano Marinho tem mais 28 anos de trajetória, com espetáculos infantis e algumas incursões no drama, mas ganhou destaque no humor. Em 2005, sua carreira alavancou e passou a ter outra dimensão, ele se tornou um recordista de público, seja nos palcos ou em números de DVDs. Entre seus trabalhos, o ator destaca três. O primeiro o DVD Paloma Recebe, por ser a primeira comédia solo de Christiano, e pelas várias temporadas do espetáculo em São Paulo, que o garantiu muitas oportunidades. A sua mais recente peça A kama Surta, que está fazendo sucesso também foi citada pelo ator. E, claro, um dos maiores destaques para o público foi Romeu e ‘Juli...EEEITA?’, que alcançou um marco de mais de 200 mil espectadores, algo inédito em Alagoas. Quando a pandemia chegou, havia projetos inéditos e pioneiros em andamento aqui no estado, mas que tiveram que ser deixados de lado com a chegada da Covid-19. “Pós quarentena, retomo esses projetos, que inclusive tem tudo a ver com o que estamos vivendo, pois fala de valores, de um novo olhar sobre a vida. E sigo com o projeto do DVD”, conta Christiano. O projeto do DVD Virtual Solidário “Paloma Recebe”, tem o objetivo de ajudar os artistas que se encontram nesse momento, passando por necessidades, inclusive fome. O dinheiro arrecadado será convertido em cestas básicas e distribuídas para esses artistas. A quantidade de pessoas beneficiadas, depende das vendas dos DVDs, que custa R$ 15,00 e logo após a compra, você receberá um link, e assiste durante 30 dias no seu celular, tablet , computador e Smart tv. “Contamos com a sensibilidade das pessoas. Espero realmente que possamos alcançar muita gente.Tem músicos que dependem de couvert artístico e tem família em casa. Tem o pessoal da cultura popular, a ASFOPAL, e a situação lá tá muito difícil...por favor,nos ajude!”, pede Christiano. Além disso, o ator enxerga neste projeto solidário a oportunidade das pessoas se distraírem, e para cuidar da saúde mental do público, através do humor e de boas gargalhadas. “O humor é cientificamente comprovado que faz bem à saúde! Costumo dizer que é uma forma de oração. Então, no DVD, temos uma receita que envolve interação, muito improviso e garanto que são 43 minutos de muita gargalhada, que é minha marca registrada. É um projeto pra toda família”, conclui o ator.

*Sob supervisão da editoria de Cultura

Mais matérias
desta edição