app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Caderno B CBF deve mudar protocolo sanitário devido aos surtos de Covid-19 que estão surgindo no Brasil

Covid: CBF deve mudar protocolo sanitário

Casos da doença estão aparecendo nos clubes brasileiros durante as reapresentações para a temporada 2022

Por Lance! | Edição do dia 07/01/2022 - Matéria atualizada em 06/01/2022 às 17h27

Uma preocupação volta à tona no meio do futebol. Casos de Covid-19 estão aparecendo nos clubes brasileiros durante as reapresentações para a temporada 2022, o que vem acontecendo, também, nos times europeus com o surto da variante Ômicron. Portanto, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) iniciou reuniões para a definição de novos protocolo sanitários nas competições. A informação é do jornal "O Globo". 

A expectativa é que até o próximo final de semana já haja esboços do novo documento, que deverá ser mais rigoroso a partir de fevereiro, segundo Jorge Pagura, coordenador médico da CBF. 

“Estamos analisando os campeonatos europeus e eventos nos Estados Unidos, além de dados dos principais países. Essa nova variante vai exigir adaptações em relação à temporada passada. Nossas exigências devem estar compatíveis com a definição das autoridades sanitárias locais. Estamos também à espera de dados oficiais no Brasil e também a aplicabilidade do novo período de isolamento em relação à Ômicron”, disse o coordenador. 

No protocolo atual, a entidade máxima do futebol brasileiro exige testes com 72 horas de antecedência em três tipos de casos: nas pessoas que não têm anticorpos para combater a doença, nos que não tiveram covid e nas pessoas que testaram positivo há mais de seis meses. Em caso de diagnóstico da doença, o período de isolamento é de 10 dias.

Mais matérias
desta edição