app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5752
Caderno B

Apaixonados pelo carnaval revelam preparativos para as prévias

Após dois anos de reclusão, foliões estão com ansiedade batendo na porta

Por Thauane Rodrigues* | Edição do dia 17/01/2023 - Matéria atualizada em 17/01/2023 às 15h04

/Foto: Felipe Brasil
/Maceió, 02 de fevereiro de 2018
Carnaval no bairro de Jaraguá, com desfiile de blocos carnavalescos. Alagoas - Brasil.
Foto: ©Ailton Cruz
Com a saudade batendo forte no peito e os sinais da folia de Momo já se aproximando, a alegria carnavalesca já está com quase tudo pronto para tomar as ruas de Maceió, após os dois anos de reclusão por causa da pandemia do coronavírus.

Shows marcados, abadás em processo de finalização e com os estandartes longe da poeira, os organizadores dos blocos já estão com a emoção à flor da pele para sentir o frevo pulsar.

Neste ano, a folia irá começar irá começar com o tradicional Carnaval de Edécio Lopes, integrando a programação da Liga Carnavalesca de Maceió. No dia 22 de janeiro, acontecerão as prévias multiculturais na Orla de Ponta Verde, a partir das 10h30.

A festa contará com a presença do maior cantor de frevos do Brasil, Claudionor Germano, e do seu filho, Nonô Germano, acompanhados pela Banda Vulcão. Outra presença confirmada é o boneco gigante de Edécio Lopes, que seguirá em percurso de ida e volta até o Marco dos Corais, ao som da Orquestra Fogo Pagô, da Turma da Rolinha.

Na correria para deixar tudo pronto e saciar a saudade do carnaval, o organizador e fundador do tradicional bloco Turma da Rolinha, Ivonilton Mendonça revela que a correria para organizar a edição deste ano foi dobrada, devido ao período ainda incerto em relação à pandemia.

“Estamos acostumados a começar a organizar o bloco no mês de agosto, mas dessa vez foi diferente. Só em dezembro tivemos a confirmação do carnaval, então tivemos que correr muito mais para fazer dar certo, foi muito mais complicado arrumar os parceiros e patrocinadores. Mas toda correria vale a pena quando encontramos o folião maceioense e confirmamos que logo mais estaremos juntos pelas ruas, pulando carnaval”., conta.

Em 2023, o famoso bloco chega à avenida com o tema “De volta ao reinado da folia”, para deixar ainda mais explícita a saudade de ouvir o frevo tocar, colocar uma fantasia e se jogar nos festejos de Momo.

Outro destaque do carnaval deste ano é o Bloco Caveira, que após mais de uma década de pausa, retorna de vez à orla de Pajuçara, que será tomada pelos tambores da Timbalada no dia 4 de fevereiro.

Os organizadores do bloco acreditam que ele fará um desfile ainda mais grandioso, arrastando um número bem maior de pessoas ao longo da Praia de Pajuçara.

De acordo com eles, a banda Timbalada promete um grande desfile e, claro, comandar a festa ao som dos seus maiores sucessos. Além de “Viva Lá Vida”, o mais recente hit da banda e que já está disponível em todas as plataformas de streaming, canções que marcaram época, a exemplo de “A Minha História”, “Mimar Você”, “Beija-Flor”, “Água Mineral”, “Ashansu” e “Margarida Perfumada” farão parte do setlist que animará os foliões.

No dia 8 de fevereiro de 2020, quando o bloco deu o primeiro passo para voltar para rua, o desfile marcou por ter conseguido arrastar aproximadamente 15 mil foliões maceioenses, que cantaram e dançaram incansavelmente ao som da cantora baiana Márcia Freire.

AS MAIORES PRÉVIAS

São dois anos sem brincar o carnaval como se deve. Em Maceió, o retorno será em grande estilo, com quinze dias de prévias e ao menos oito grandes blocos desfilando tradição e alegria pelas ruas da capital alagoana.

Após o carnaval de Edécio Lopes, no dia 22, a festa segue nos dias 4, 5, 10 e 12 de fevereiro. A grande novidade é justamente o aumento do número de dias de festa. Em 2023, as prévias contarão com desfiles de blocos, passistas de frevo na cadeira gigante da orla de Maceió e muitos shows.

Nos dois primeiros finais de semana de fevereiro, a programação continua com o desfile de blocos tradicionais, como a Turma da Rolinha, Bloco do Rei e Pecinhas. Cada um deles com apresentações de bandas conhecidas nacionalmente para animar os foliões, como Parangolé, Timbalada, Xanddy Harmonia e Raí Saia Rodada. Para a criançada, a programação traz, ainda, um bloco infantil.

De acordo com o presidente da Liga Carnavalesca, Dinho Lopes, as prévias de Maceió, este ano, devem se estabelecer como as melhores do Nordeste ou do país.

“Maceió pode ter o melhor carnaval da sua história. Digo isso porque a cidade tem capacidade para isso, tem artistas para isso, tem blocos e foliões. Então, com essas mudanças, podemos acreditar que uma nova história começa a ser construída”, afirma Dinho.

“O Carnaval da Liga foi bastante ampliado e contará com artistas nacionais e também, claro, os grandes artistas da nossa terra. Estamos trabalhando para que seja o melhor de todos os tempos”, completa.

*Sob supervisão da editoria de Cultura

Mais matérias
desta edição