app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Caderno B Zhou Guanyu pilotando o Kick Sauber C44 na prova da Austrália

F1: rumores apontam nova dupla de pilotos da Sauber para 2025

Segundo Auto Motor und Sport, equipe tem um plano ambicioso para os pilotos

Por MotorSport.com | Edição do dia 03/04/2024 - Matéria atualizada em 03/04/2024 às 04h00

A Sauber ainda passará por mais um ano antes de a Audi assumir totalmente o controle da equipe quando a nova regra de motores entrar em vigor na Fórmula 1 e, até lá, a provável dupla de pilotos segue uma incógnita, mas rumores apontam para a provável formação.

Valtteri Bottas e Zhou Guanyu começaram sua terceira temporada consecutiva na Sauber, mas, de acordo com a imprensa internacional, é bem possível que no próximo ano nenhum dos dois pilotos esteja na equipe suíça, ou talvez até mesmo na F1.

E, de acordo com o Auto Motor und Sport da Alemanha, o CEO Andreas Seidl já identificou dois pilotos para a próxima temporada, com Carlos Sainz deixando a Ferrari e Nico Hulkenberg na Haas como os dois alvos.

Desses dois pilotos, contratar Hulkenberg pode ser a opção mais fácil, já que Sainz provavelmente terá uma chance com equipes mais fortes em 2025, enquanto o espanhol também pode ser tentado pela perspectiva de a Audi assumir o controle da equipe a partir de 2026.

Hulkenberg também poderia ser atraente para a Sauber porque, além de sua experiência e velocidade, a Audi estaria interessada em ter um piloto alemão em suas cores.

MCLAREN

A McLaren reorganizou a estrutura técnica de sua equipe de Fórmula 1, já que o diretor técnico David Sanchez deixou a equipe de Woking depois de apenas três meses. Sanchez saiu da Ferrari para a McLaren em janeiro, entre uma série de contratações para aumentar a equipe de engenharia, mas ficou evidente que suas funções como diretor técnico responsável pelo conceito e desempenho “não estavam alinhadas”.

O chefe da equipe, Andrea Stella, assumirá as funções de Sanchez neste momento, enquanto a equipe busca um substituto para liderar o lado de desempenho da equipe.

Em comunicado, Stella comentou que estava grato pelas contribuições de Sanchez durante seu curto período na equipe, mas reconheceu que a apresentação inicial não se traduziu na realidade do trabalho. “Após discussões cuidadosas entre David Sanchez e a liderança da equipe, foi tomada a decisão mútua de David deixar o time”, disse Stella.

“Após a nossa reflexão conjunta, tornou-se evidente que o papel, as responsabilidades e as ambições associadas à posição de David não se alinhavam com as nossas expectativas originais quando ele concordou em juntar-se a nós em fevereiro de 2023. Valorizamos muito e com gratidão as contribuições que David fez durante seu relativamente curto período conosco e desejamos a ele o melhor em seus empreendimentos futuros”, encerrou.

A saída de Sanchez instigou uma série de mudanças, já que o ex-engenheiro da Red Bull, Rob Marshall, agora assume o cargo de designer-chefe.

Neil Houldley assume as rédeas de Marshall como diretor técnico de engenharia, enquanto Peter Prodromou permanece no cargo como diretor técnico de aerodinâmica.

Mais matérias
desta edição