app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Cidades

Sindicato garante que lixo hospitalar n�o polui lix�o

O presidente do Sindicato dos Hospitais de Alagoas (Sindhospital), médico Humberto Gomes de Mello, garante que a entidade não tem conhecimento de que algum estabelecimento privado e público de saúde esteja contribuindo para a poluição do ar ou das águ

Por | Edição do dia 27/08/2002 - Matéria atualizada em 27/08/2002 às 00h00

O presidente do Sindicato dos Hospitais de Alagoas (Sindhospital), médico Humberto Gomes de Mello, garante que a entidade não tem conhecimento de que algum estabelecimento privado e público de saúde esteja contribuindo para a poluição do ar ou das águas através do Lixão, uma vez que a destinação final dos resíduos perigosos não mais depende da coleta pública. Ele garante que os hospitais e clínicas em Maceió estão entre os segmentos que participaram da discussão e elaboração, em 1994, do projeto de implantação do sistema de coleta, transporte, tratamento e disposição final do lixo hospitalar, de-senvolvido em parceria com vários órgãos, como as secretarias de Saúde do Estado e do Município, e Instituto do Meio Ambiente (IMA), com a participação da Agência de Cooperação Técnica da Alemanha, que vem sendo executado pela Companhia Industrial de Alagoas (Cinal). Segundo Gomes, as instituições prestadoras de serviços de saúde da capital são usuárias desse programa desde que ele começou a ser implementado em 1995. “Inclusive, essa foi uma experiência pioneira no País pela sistematização científica do tratamento, e que recebeu o Prêmio Ambiente Von Martius em São Paulo”, frisou.

Mais matérias
desta edição