app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

Moradores amea�am bloquear via de acesso ao Selma Bandeira

Cansados de esperar pela Prefeitura, moradores que residem no acesso ao Conjunto Selma Bandeira “arregaçaram as mangas” e realizaram o serviço de aterro da estrada, que estava tomada pela lama. Mesmo com o serviço, o tráfego no local ainda é precário, p

Por | Edição do dia 31/08/2002 - Matéria atualizada em 31/08/2002 às 00h00

Cansados de esperar pela Prefeitura, moradores que residem no acesso ao Conjunto Selma Bandeira “arregaçaram as mangas” e realizaram o serviço de aterro da estrada, que estava tomada pela lama. Mesmo com o serviço, o tráfego no local ainda é precário, principalmente para os ônibus. Revoltados com o descaso do poder público, eles prometem fechar a estrada na próxima semana, caso não seja tomada nenhuma atitude por parte da Prefeitura. “Só não fechamos antes para não prejudicar a comunidade e os estudantes, que utilizam os ônibus para ir à escola”, afirmou o líder comunitário Arlírio Silva, do Grupo de Ações Comunitárias (GAC), que reúne moradores dos conjuntos Selma Bandeira, Moacir Andrade e Carminha Silva. “Faz dois anos que a Prefeitura prometeu pavimentar a estrada, chegando a garantir que os recursos já tinham dotação orçamentária”, disse Arlírio Silva. Segundo ele, os buracos e a lama provocam quebradeira nos carros que trafegam pelo local, além de acidentes. “Por causa do lamaçal, muitos carros pequenos ficam atolados no meio do lamaçal”, contou. A lama e os buracos da estrada provocaram o fechamento de um parque aquático localizado no acesso aos conjuntos populares construídos após o Benedito Bentes II. Segundo os moradores, os proprietários do empreendimento cansaram de pedir a ajuda da Prefeitura, mas não foram atendidos.

Mais matérias
desta edição