app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5713
Cidades

MP cobra mais recursos para tirar crian�as das ruas

Representantes do Ministério Púbico (MP), OAB/AL, Conselho Tutelar e de diversas organizações não-governamentais iniciaram, ontem, uma série de encontros para discutir ações com o objetivo de tirar das ruas crianças e adolescentes da capital que vivem em

Por | Edição do dia 05/09/2002 - Matéria atualizada em 05/09/2002 às 00h00

Representantes do Ministério Púbico (MP), OAB/AL, Conselho Tutelar e de diversas organizações não-governamentais iniciaram, ontem, uma série de encontros para discutir ações com o objetivo de tirar das ruas crianças e adolescentes da capital que vivem em situação de risco. Para o diretor do 1o Centro Operacional do MP, promotor  Ubirajara Ramos, é preciso que  os projetos sociais desenvolvidos por órgãos governamentais  possam incluir recursos no Orçamento para o investimento  em políticas públicas. O promotor negou, no entanto, que o Ministério Público tenha intimado o município de Maceió a retirar as crianças que trabalham nos semáforos limpando os pára-brisas dos carros ou comercializando os mais diversos tipos de produtos. “Mas é necessário haver maiores investimentos por parte dos órgãos responsáveis”, comentou. Propostas Na reunião, que foi realizada na sede do MP, os participantes das diversas entidades públicas e instituições não-governamentais fizeram uma avaliação dos programas sociais desenvolvidos na capital. Eles ficaram de discutir novas propostas, a fim de minimizar os problemas vividos por crianças e adolescentes que trabalham nas ruas ou que estão em situação de risco. Ficou definido que haverá uma parceria entre os órgãos para implementar políticas públicas, visando cumprir o Estatuto da Criança e do Adolescente, que completou 12 anos.

Mais matérias
desta edição