app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5716
Cidades

Terminal Rodovi�rio ganha juizado especial

O Tribunal de Justiça inaugurou, ontem, o 6o Juizado Especial Cível e Criminal, que passa a funcionar numa das áreas mais pobres da Capital, que é formada pelos bairros do Jacintinho, Feitosa e Barro Duro. Instalado no Terminal Rodoviário, o novo juizad

Por | Edição do dia 07/09/2002 - Matéria atualizada em 07/09/2002 às 00h00

O Tribunal de Justiça inaugurou, ontem, o 6o Juizado Especial Cível e Criminal, que passa a funcionar numa das áreas mais pobres da Capital, que é formada pelos bairros do Jacintinho, Feitosa e Barro Duro. Instalado no Terminal Rodoviário, o novo juizado tem como expectativa receber uma média de 100 processos mensais, com causas no valor de até 40 salários mínimos. A solenidade de inauguração ocorreu ontem à tarde com a presença dos presidentes do Tribunal de Justiça, desembargador José Fernando Lima Souza, da Associação Alagoana dos Magistrados, Fernando Tourinho Omena Souza, da OAB/AL, José Areias Buhões, além de outros magistrados. Com investimentos da ordem de R$ 105 mil, o juizado irá atuar com 15 serventuários, entre conciliadores e escrivães, além de um juiz e um promotor. No seu discurso, o presidente do TJ, Lima Souza, voltou a afirmar que a morosidade da Justiça não é culpa do Judiciário, e sim dos legisladores. “Pedimos que os legisladores promovam mudanças na legislação processual”, afirmou, acrescentando que a sua gestão vem investindo na melhoria e ampliação dos juizados. “Os juizados promovem a celeridade e tornam a Justiça mais ágil”, disse o diretor-jurídico da Organização Arnon de Mello, Djalma Mello.

Mais matérias
desta edição