app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Cidades

Desvio de �gua na rede da Casal revolta moradores do Mocambo

Moradores do Mocambo, no Tabuleiro do Martins, denunciaram, ontem, o desvio de água na tubulação da Companhia de Abastecimento de Água (Casal) feito por moradores que invadiram a grota do bairro. O resultado da infração é que aqueles que pagam a conta reg

Por | Edição do dia 14/09/2002 - Matéria atualizada em 14/09/2002 às 00h00

Moradores do Mocambo, no Tabuleiro do Martins, denunciaram, ontem, o desvio de água na tubulação da Companhia de Abastecimento de Água (Casal) feito por moradores que invadiram a grota do bairro. O resultado da infração é que aqueles que pagam a conta regularmente não têm água na torneira, enquanto os que não pagam se abastecem tranquilamente. Os moradores exigem que a Casal resolva o problema definitivamente. Jucineide Matos, residente no Mocambo, reclama que sua mãe, idosa, é obrigada a ficar até às 3 horas da manhã esperando chegar água. Ainda segundo a moradora, o desabastecimento provoca constantes desentendimentos entre os moradores. “Quando a Casal desmancha os desvios na tubulação, eles ficam criando confusão com a gente. Nós somos os mais prejudicados na história, pois pagamos por um serviço que não usufruímos”, ressaltou. De acordo com Ledival Francisco da Silva, morador, o problema se arrasta há mais de dois anos. “Os funcionários da Casal vêm fazer o corte, mas é só eles irem embora que os infratores religam”, garantiu. Segundo o presidente da Casal, João José Beltrão, a companhia tem conhecimento do caso. Ele garantiu enviar uma equipe para averiguar o problema ainda na tarde de ontem. Para o dirigente, a comunidade tem que participar, denunciando esse tipo de irregularidade. “Temos que trabalhar em conjunto porque não temos condição de fiscalizar a cidade inteira. A partir do final de outubro, iremos começar a cadastrar esse pessoal irregular”, esclareceu.

Mais matérias
desta edição