app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5756
Cidades

Concurso da PM: candidatos acampam em pra�a

Os aprovados no concurso da Polícia Militar, que estão sub judice, resolveram acampar, no início da noite de ontem, em frente ao Palácio dos Martírios, como forma de protesto contra o governo do Estado. Eles decidiram armar uma barraca e prometem permanec

Por | Edição do dia 20/09/2002 - Matéria atualizada em 20/09/2002 às 00h00

Os aprovados no concurso da Polícia Militar, que estão sub judice, resolveram acampar, no início da noite de ontem, em frente ao Palácio dos Martírios, como forma de protesto contra o governo do Estado. Eles decidiram armar uma barraca e prometem permanecer no local até que o governador Ronaldo Lessa resolva a situação da categoria. “Vamos ficar aqui por tempo indeterminado. Queremos que o governador respeite a Justiça. Queremos que ele deixe de ser um fora-da-lei, respeitando as decisões do presidente do Tribunal de Justiça”, afirmou João Lima, membro da comissão dos candidatos sub judice. Os candidatos reclamam que o caso já vem rolando há mais de seis meses, sem que seja tomada nenhuma providência por parte do governo. “Isso é uma falta de respeito para com os cerca de 260 candidatos que foram aprovados nesse concurso. Tem gente aqui que obteve melhor média do que quem já foi nomeado”, salientou o candidato. Enquanto isso, do lado da Polícia Civil, a greve continua. O movimento já dura 23 dias e os policiais reclamam que o governo não fez nenhuma proposta para a categoria. “Somente o governador pode resolver a questão salarial. A omissão do governo tem nos prejudicado e também a população”, declarou o presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol), Carlos Jorge da Rocha. Hoje, o comando de greve visitará delegacias de Maceió para divulgar a assembléia da avaliação que acontecerá no próximo dia 24, quando também será realizado um ato público em frente ao Palácio dos Martírios.

Mais matérias
desta edição