app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Cidades

MP investiga manipula��o de cestas b�sicas

O Ministério Público Estadual está investigando a denúncia de que municípios alagoanos teriam deixado de distribuir cestas básicas a famílias atingidas pelas chuvas, no ano passado, por culpa do governo estadual. O MPE foi acionado pela Procuradoria G

Por | Edição do dia 20/09/2002 - Matéria atualizada em 20/09/2002 às 00h00

O Ministério Público Estadual está investigando a denúncia de que municípios alagoanos teriam deixado de distribuir cestas básicas a famílias atingidas pelas chuvas, no ano passado, por culpa do governo estadual. O MPE foi acionado pela Procuradoria Geral da República, que pediu providências no sentido de apurar o caso. Para levar a investigação adiante, o MP requereu informações, através de requerimento, à direção da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) em Alagoas, diante da falta de dados por parte da denúncia. Procurada ontem pela reportagem, a gerência da companhia no Estado informou que a distribuição de cestas básicas deixou de ser uma atribuição do órgão desde o ano passado, com a extinção do Programa de Distribuição de Alimentos (Prodea). Distribuição Com isso, segundo ainda a gerência, a distribuição de cestas básicas passou a ser feita diretamente às prefeituras. Mas, no caso das últimas enchentes em Alagoas, os produtos foram distribuídos aos municípios através da Coordenação Estadual de Defesa Civil. Essas informações serão prestadas pela Conab ao MPE, que deverá esclarecer o caso junto à Defesa Civil. Procurado ontem à tarde por telefone celular, o comandante do Corpo de Bombeiros e coordenador da DC, coronel Jadir Ferreira, não foi encontrado. Enchentes No seu despacho publicado no Diário Oficial de ontem, não foi citado o autor da denúncia nem a relação de municípios onde as cestas básicas deixaram de ser distribuídas. As enchentes que deixaram centenas de famílias desabrigadas ocorreram em junho do ano passado. As fortes chuvas chegaram a destruir casas, rodovias e pontes em todo o Estado. A situação de calamidade pública provou a vinda do presidente Fernando Henrique Cardoso a Alagoas. Após sobrevoar algumas áreas atingidas, FHC anunciou a liberação de recursos para a reconstrução de casas e de rodovias. Também houve a distribuição de cestas básicas por parte do Exército.

Mais matérias
desta edição