app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Cidades

Semana Arnon de Mello debate o meio ambiente

Foi aberta ontem à noite, no Museu Théo Brandão, pela jornalista Ana Luísa Collor de Mello, presidente do Instituto Arnon de Mello e da Organização Arnon de Mello, a II Semana Arnon de Mello, tendo como tema “Meio Ambiente, Desafio e Compromisso”. A

Por | Edição do dia 25/09/2002 - Matéria atualizada em 25/09/2002 às 00h00

Foi aberta ontem à noite, no Museu Théo Brandão, pela jornalista Ana Luísa Collor de Mello, presidente do Instituto Arnon de Mello e da Organização Arnon de Mello, a II Semana Arnon de Mello, tendo como tema “Meio Ambiente, Desafio e Compromisso”. A escolha da temática ambiental deve-se ao empenho do Senador Arnon de Mello pela preservação e respeito à natureza, como argumentou sua filha Ana Luísa. “Como intelectual, como governador de Alagoas e como Senador, meu pai perseguiu sempre, incansavelmente, as opções de desenvolvimento que se conjugassem com a preservação da natureza, com os avanços tecnológicos, com a atenção ao social e à participação decisória da população”, frisou. Em seu discurso a jornalista lembrou que Arnon de  Mello foi pioneiro na instituição do Horto Florestal de Maceió e na defesa do estudo e utilização racional dos recursos naturais, inclusive iniciou o debate sobre o uso pacífico da energia nuclear, além de se posicionar em defesa da busca de novas fontes de energia. “Foi empreendida muita dedicação nas políticas públicas voltadas para o que hoje conhecemos como desenvolvimento sustentável”, destacou a presidente. Este ano, além do Prêmio Arnon de Mello de Literatura, que já é um sucesso, foi criado  o Prêmio Arnon de Mello de Desenvolvimento Sustentável.  As inscrições estão abertas no  Instituto Arnon de Mello até o próximo dia 23 de novembro.  Podem concorrer pessoas físicas ou jurídicas que tenham projetos na área ambiental, sejam pesquisa, processos, produtos e/ou ações com ênfase no desenvolvimento integrado, de comprovada aplicação prática. A abertura da II Semana Arnon de Mello também foi marcada pela exposição fotográfica Arnon de Mello: o homem, o político, o intelectual;  bem como pela apresentação  do Trio Pau-brasil e maestro Almir Medeiros. O museu está aberto à visitação dos alagoanos à exposição, que foi bastante elogiada pelos que prestigiaram a iniciativa ontem, como Anilda Leão, Ricardo Nogueira, Ceres Vasconcelos, Wilson Barreto, Severino Rodrigues, Humberto Martins, Lincoln Cavalcante, Djalma Mello, Cármen Lúcia Dantas e tantas outras personalidades ilustres do cenário cultural de Alagoas.

Mais matérias
desta edição