app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

Brasil gasta 10% do PIB com viol�ncia

O valor de uma vida é incalculável, sobretudo para os familiares de uma vítima de assassinato, mas sobre o prisma monetário o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) estima que o crime custa cerca de 10% do PIB no Brasil. Neste cálculo, entram preju

Por | Edição do dia 29/09/2002 - Matéria atualizada em 29/09/2002 às 00h00

O valor de uma vida é incalculável, sobretudo para os familiares de uma vítima de assassinato, mas sobre o prisma monetário o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) estima que o crime custa cerca de 10% do PIB no Brasil. Neste cálculo, entram prejuízos materiais, tratamentos médicos e horas de trabalho perdidas, o equivalente a R$ 100 bilhões. Nos Estados Unidos, o prejuízo é de 4% do PIB. O Brasil é um dos países mais violentos da América Latina, considerada, por sua vez, a região mais violenta do mundo. Segundo dados da Organização das Nações Unidas, referentes ao ano de 1977, o Brasil ocupava o terceiro lugar entre os países com as maiores taxas de assassinato por habitante. Os protagonistas da violência e da criminalidade, tanto os autores quanto as vítimas, são jovens do sexo masculino. Nesse contexto, considera-se que a juventude é a fase da vida adulta em que o desejo de consumo é maior e a renda é menor. Do ponto de vista psicológico, eles assumem maiores riscos no seu comportamento, têm necessidade de afirmação pessoal contrariando os valores aceitos em sociedade. Há ainda teses em que as diferenças de gênero são defendidas, para o qual o sexo masculino seria influenciado pelos hormônios e incentivos a comportamentos mais agressivos.

Mais matérias
desta edição