app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5749
Cidades

Bope refor�a policiamento em Uni�o nas elei��es

Sucursal União dos Palmares – Vinte homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope) chegaram, ontem, a União dos Palmares, para garantir a tranqüilidade durante as eleições do próximo domingo. Ao todo, serão 74 policiais no município, que possui o maior

Por | Edição do dia 04/10/2002 - Matéria atualizada em 04/10/2002 às 00h00

Sucursal União dos Palmares – Vinte homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope) chegaram, ontem, a União dos Palmares, para garantir a tranqüilidade durante as eleições do próximo domingo. Ao todo, serão 74 policiais no município, que possui o maior colégio eleitoral da região serrana dos Quilombos, na Zona da Mata alagoana, com cerca de 30 mil eleitores. A campanha eleitoral no município foi marcada por trocas de ofensas entre os candidatos, o que fez o juiz eleitoral da 21ª Zona, Maurício César Brêda, solicitar tropas federais. Mas o pedido foi indeferido, na última quarta-feira, pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Base Segundo o comandante do 2º Batalhão (2º BPM), major Mário Jorge da Hora, que reassumiu ontem o comando da corporação, os soldados do Bope, além de reforçarem o policiamento em União dos Palmares, poderão ser acionados para agir nos outros onze municípios da área de atuação do 2º BPM. “A base ficará em União, mas caso aconteça alteração grave em alguma cidade, deslocaremos o Bope”, afirmou o major Mário Jorge. Serão empregados 391 homens espalhados pelos doze municípios da área de atuação do 2º BPM. Segundo o major, os pontos críticos, além de União dos Palmares, ficam nos municípios de Atalaia, com efetivo de 68 policiais; Viçosa, 32; Ibateguara, 30; Pindoba, 20; Chã Preta, 19, e Santana do Mundaú, 17 soldados. Efetivo O policiamento também será reforçado nos municípios de São José da Laje, que vai contar com efetivo de 30 homens, Branquinha, 27; Murici, 33; Capela, 24, e Cajueiro, 27. Ontem mesmo, os soldados do Bope, comandados pelo capitão Neyvado Amorim, iniciaram os trabalhos de patrulhamento e blitz no município de União dos Palmares. Os oficiais também estiveram reunidos com o juiz eleitoral Maurício César Brêda para acertar os últimos detalhes para o dia da eleição.

Mais matérias
desta edição