app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Cidades

Projeto Amigos da Escola faz parceria com a Net

Cinco escolas públicas que participam do “Projeto Amigos da Escola” da Rede Globo – coordenado no Estado pela TV GAZETA, afiliada da emissora – assinaram ontem um contrato de comodato com a empresa de TV por assinatura NET. Cada escola terá instalado

Por | Edição do dia 04/10/2002 - Matéria atualizada em 04/10/2002 às 00h00

Cinco escolas públicas que participam do “Projeto Amigos da Escola” da Rede Globo – coordenado no Estado pela TV GAZETA, afiliada da emissora – assinaram ontem um contrato de comodato com a empresa de TV por assinatura NET. Cada escola terá instalado uma antena e um decodificador para receber a programação da NET, que oferece mais de 60 canais, dos quais alguns voltados à área da educação, a exemplo do Futura e do Discovery”. A assinatura dos contratos aconteceu ontem de manhã, na sede da TV GAZETA, com a presença dos gerentes-geral e comercial da NET, Carlos Alberto e Fernando Costa – respectivamente; da coordenadora do Projeto Amigos da Escola, Niteci Abreu; do diretor-comercial da TV GAZETA, Ademar de Sena, e diretores das escolas. As primeiras escolas beneficiadas pela parceria entre a NET e o Projeto Amigos da Escola são: Rodriguez de Melo, Vitorino da Rocha, Moreira e Silva, Aurelina Palmeira e Campos Teixeira. O gerente da NET, Fernando Costa, explicou que a empresa ficará responsável pela instalação e manutenção dos equipamentos, sem qualquer ônus para a escola. “Essa é a primeira ação que a NET desenvolve com a comunidade, dentro de uma nova linha de pensamento da empresa que é o desenvolvimento de um projeto de responsabilidade social”. A coordenadora do Projeto Amigos da Escola, Niteci Abreu, ressaltou a importância da parceria para a capacitação dos professores. “A NET tem um canal específico, o Discovery, voltado à capacitação de multiplicadores nas escolas que vão aprender a melhor forma de utilizar a sua programação”. O Projeto Amigos da Escola foi implantado no Estado há três anos e tem inscritas 400 escolas públicas. A diretora da Escola Rodriguez de Melo, Marli Acioly, afirma que os resultados do projeto são mais do que positivos. “Há três anos no projeto, a escola desenvolve hoje várias atividades com alunos, professores e a comunidade. Agora, as pessoas dormem na fila para conseguir uma vaga”.

Mais matérias
desta edição