app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5756
Cidades

SMTT far� campanha para impedir ocupa��o de cal�adas

A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) vai iniciar, até a metade deste mês, uma campanha, em princípio educativa, para coibir a prática de obstrução do passeio público. A campanha será executada em conjunto com a SMCCU, Slum, Somurb

Por | Edição do dia 04/10/2002 - Matéria atualizada em 04/10/2002 às 00h00

A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) vai iniciar, até a metade deste mês, uma campanha, em princípio educativa, para coibir a prática de obstrução do passeio público. A campanha será executada em conjunto com a SMCCU, Slum, Somurb e Batalhão de Trânsito da Polícia Militar. O objetivo da operação é normatizar e conscientizar o cidadão sobre o que determina o Código de Trânsito Brasileiro quanto às penalidades para o descumprimento da legislação. A campanha da SMTT será dividida em duas etapas. A primeira terá cunho educativo, informando aos infratores o direito do pedestre e as punições pela infração. “Não só motoristas obstruem os passeios, mas os ambulantes, proprietários de casas em reforma e oficinas de carros também”, argumentou José Moura, assessor especial de transportes e trânsito. Ele disse que o foco principal é a valorização do pedestre e o respeito aos logradouros públicos. “De uma forma ou de outra, todos acabamos virando pedestre, é por isso que vamos valorizar essa condição a que todos nós nos submetemos”, retrucou o assessor. Para fixar as informações, o Departamento de Educação da SMTT produzirá peças publicitárias, panfletos e planeja realizar blitze educativas. Na segunda etapa, a campanha vai se concentrar nas punições. A campanha tem previsão para se encerrar até o fim de outubro. “Esperamos que o cidadão entenda que as praças e calçadas são bens públicos e não extensões de seu patrimônio”, concluiu o assessor.

Mais matérias
desta edição