app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

Cl�nica suspende atendimento e provoca revolta

O drama de quem precisa dos colírios e consultas de acompanhamento do glaucoma parece não ter fim. Na manhã de ontem, um grupo de pacientes, entre eles os que madrugaram diante do Instituto de Olhos de Maceió (IOM), ficaram sem atendimento. De acordo com

Por | Edição do dia 25/01/2013 - Matéria atualizada em 25/01/2013 às 00h00

O drama de quem precisa dos colírios e consultas de acompanhamento do glaucoma parece não ter fim. Na manhã de ontem, um grupo de pacientes, entre eles os que madrugaram diante do Instituto de Olhos de Maceió (IOM), ficaram sem atendimento. De acordo com a informação repassada por um vigilante da unidade, por causa da suspensão feita pelo Complexo de Regulação de Serviços de Saúde (Cora), possivelmente os atendimentos e o repasse dos colírios só deveria ocorrer após o carnaval. “Estive lá para pegar o encaminhamento para a minha mãe, por causa de sua idade avançada. Mas, depois de esperar por várias horas, a informação foi de que tudo estava suspenso”, contou o líder comunitário André Avelino. Segundo informou, desde que surgiram denúncias envolvendo o tratamento do glaucoma, em Maceió, os atendimentos não se regularizaram, nem o repasse de medicamentos.

Mais matérias
desta edição