app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

T�cnicos vistoriam maternidade

Técnicos da Divisão de Engenharia Hospitalar da Secretaria de Saúde de Maceió, em conjunto com a Agência Municipal de Vigilância Sanitária, inspecionaram, na manhã de ontem, a Maternidade Paulo Neto, no Centro de Maceió, fechada há mais de seis meses. Pro

Por | Edição do dia 25/01/2013 - Matéria atualizada em 25/01/2013 às 00h00

Técnicos da Divisão de Engenharia Hospitalar da Secretaria de Saúde de Maceió, em conjunto com a Agência Municipal de Vigilância Sanitária, inspecionaram, na manhã de ontem, a Maternidade Paulo Neto, no Centro de Maceió, fechada há mais de seis meses. Problemas foram detectados pela comissão, que deverá emitir um relatório sobre a situação ao secretário municipal de Saúde, João Marcelo Lyra, na próxima segunda-feira. “A estrutura não está ruim, apesar de ser um prédio antigo. Com poucos reparos dá para reabrir a maternidade, entre 60 e 70 dias”, informou a chefe da divisão, Tânia Barros. A inspeção é uma das medidas anunciadas pelo secretário de Saúde, a fim de diminuir a demanda na Maternidade Escola Santa Mônica, que, no último fim de semana, ficou superlotada. Sem leitos, grávidas precisaram ser atendidas no chão dos corredores. A Maternidade Paulo Neto é uma das unidades de saúde conveniadas à prefeitura e disponibiliza leitos por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Mais matérias
desta edição