app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5691
Cidades

Alagoano � morto em assentamento do MST no RJ

O trabalhador rural alagoano e militante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Cícero Guedes dos Santos, foi assassinado com 12 tiros na cabeça, na noite da última sexta-feira. O corpo dele foi encontrado nas proximidades da Usina Cambahy

Por | Edição do dia 29/01/2013 - Matéria atualizada em 29/01/2013 às 00h00

O trabalhador rural alagoano e militante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Cícero Guedes dos Santos, foi assassinado com 12 tiros na cabeça, na noite da última sexta-feira. O corpo dele foi encontrado nas proximidades da Usina Cambahyba, no município de Campos dos Goytacazes, na região norte do Rio de Janeiro, onde Cícero vivia há mais de 25 anos. Segundo informações do site oficial do MST, Cícero Guedes dos Santos, que é natural de Rio Largo, foi morto quando deixava, de bicicleta, o assentamento Zumbi dos Palmares, localizado dentro do complexo de fazendas que compõem a Usina Cambahyba, cujas terras foram consideradas improdutivas pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Cícero Guedes lutou na ocupação e era assentado no Zumbi dos Palmares desde 2002. Era ele quem coordenava as ações de ocupação em outras fazendas do complexo.

Mais matérias
desta edição