app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

Barracos s�o demolidos para evitar tr�fico de drogas

Choro, medo e gritos de revolta marcaram ontem o início das demolições dos barracos vazios localizados na orla lagunar da capital, e que estariam servindo como pontos de venda e armazenamento de drogas e produtos roubados. A ação, realizada em parceria en

Por | Edição do dia 30/01/2013 - Matéria atualizada em 30/01/2013 às 00h00

Choro, medo e gritos de revolta marcaram ontem o início das demolições dos barracos vazios localizados na orla lagunar da capital, e que estariam servindo como pontos de venda e armazenamento de drogas e produtos roubados. A ação, realizada em parceria entre a Polícia Militar e a Prefeitura de Maceió, levou ao chão cerca de 20 barracos que haviam sido identificados no final do ano passado pela corporação. No total, mil barracos devem ser demolidos nos próximos dias em toda a orla lagunar. No lugar deles, a ideia é construir equipamentos culturais e de lazer que possam melhorar a qualidade de vida de quem mora na localidade. De acordo com o comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar, major Davi Monteiro, os alvos da ação foram os barracos vazios, que não estavam sendo ocupados por nenhuma família, e que teriam sido mapeados em dezembro do ano passado. Segundo a polícia, esses barracos estariam facilitando a ação dos bandidos e o comércio de drogas na região, que já registrou, somente nesse mês de janeiro, 17 homicídios de jovens, todos relacionados ao tráfico de entorpecentes. “Nós identificamos mil barracos vazios ao longo da orla lagunar e chamamos o pessoal da prefeitura para que pudéssemos derrubá-los. O objetivo maior dessa ação é combater o tráfico de drogas na região. Nos locais onde ficavam esses barracos, a prefeitura deve construir espaços públicos, áreas de lazer, e implantar uma série de ações para melhorar a situação das pessoas que moram na localidade”, destaca o major Monteiro.

Mais matérias
desta edição