app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

Pedreiras clandestinas s�o interditadas

Matriz do Camaragibe – Quatro pedreiras clandestinas foram interditadas ontem durante operação conjunta realizada pelo Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) e o Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA/AL). Segundo os fiscais, as unidades funcionavam sem

Por | Edição do dia 08/03/2013 - Matéria atualizada em 08/03/2013 às 00h00

Matriz do Camaragibe – Quatro pedreiras clandestinas foram interditadas ontem durante operação conjunta realizada pelo Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) e o Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA/AL). Segundo os fiscais, as unidades funcionavam sem autorização do IMA e do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). Foram apreendidos ferramentas de trabalho e explosivos. Os responsáveis pelas quatro pedreiras foram notificados pelos fiscais do IMA. Eles devem comparecer à sede do órgão estadual em Maceió com a documentação necessária, no prazo de 15 dias. São eles: José Ailton Soares da Silva, Luiz Xavier da Silva, Juracir José do Carmo e Manoel Félix da Silva. Segundo o tenente Edson Ferreira, que comandou as duas guarnições do BPA engajadas na operação, foi confeccionado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) em desfavor de Manoel Félix, 69 anos, por guarda irregular de artefato explosivo sem autorização do Exército Brasileiro. Com ele, os policiais apreenderam certa quantidade de pólvora e clorato de potássio usados para provocar as explosões em uma das duas pedreiras situadas na Fazenda Brejinho, zona rural de Matriz.

Mais matérias
desta edição