app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

Pediatra alerta para riscos de acidentes

De acordo com o Departamento de Segurança da Sociedade Brasileira de Pediatria, o andador continua sendo um equipamento muito popular. Mesmo contra as recomendações dos pediatras, ele é utilizado por cerca de 60% a 90% dos bebês. O posicionamento dos ped

Por | Edição do dia 10/03/2013 - Matéria atualizada em 10/03/2013 às 00h00

De acordo com o Departamento de Segurança da Sociedade Brasileira de Pediatria, o andador continua sendo um equipamento muito popular. Mesmo contra as recomendações dos pediatras, ele é utilizado por cerca de 60% a 90% dos bebês. O posicionamento dos pediatras contra o andador baseia-se nos riscos das crianças sofrerem acidentes relacionados diretamente ao uso do equipamento. O presidente da Sociedade Alagoana de Pediatria, o pediatra Iramirton Ferreira, apoia a campanha iniciada pela SBP e também desaconselha o uso do andador. “O andador prejudica mais do que ajuda o desenvolvimento da criança. Quando está nesse equipamento, a criança fica vulnerável a acidentes com quedas, queimaduras, afogamentos e intoxicações, por exemplo”, afirmou. A grande maioria dos bebês que usam andadores sofre quedas que resultam desde simples escoriações até traumatismos cranianos. Os casos mais graves são as quedas de escadas, em que as crianças não têm como reagir, já que estão presas ao equipamento. “Geralmente, os pais colocam as crianças em andadores com apenas seis meses. Esta não é uma idade adequada para uma criança ganhar tanta liberdade, e como ela não sabe se proteger, os acidentes são comuns”, explicou o pediatra Iramirton Ferreira. LM

Mais matérias
desta edição