app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Cidades

Moradores reclamam do lixo na Grota do Cigano

A comunidade da Grota do Cigano, no bairro do Jacintinho, reclama da deficiência na coleta de lixo por parte da Prefeitura da Cidade de Maceió. Segundo moradores da Rua São Jorge, o carro coletor só passa no local a cada três dias, o que contribui para a

Por | Edição do dia 05/11/2002 - Matéria atualizada em 05/11/2002 às 00h00

A comunidade da Grota do Cigano, no bairro do Jacintinho, reclama da deficiência na coleta de lixo por parte da Prefeitura da Cidade de Maceió. Segundo moradores da Rua São Jorge, o carro coletor só passa no local a cada três dias, o que contribui para aumentar o amontoado de sacos de lixo em tonéis ou mesmo abandonados à beira das calçadas. “A coleta poderia acontecer diariamente. Como só ocorre de três em três dias, os montes de sacos de lixo se amontoam nas esquinas e nas portas das residências”, reclama Josuel da Silva. Do lixo acumulado, segundo os moradores, proliferam moscas, baratas e ratos. “Esses bichos representam risco à saúde de nossas crianças”, completa. Os moradores reclamam, ainda, da falta de contêineres com capacidade para armazenar o lixo produzido diariamente. “Colocamos o lixo em tonéis improvisados como se fossem lixeiros. Achamos que o ideal seriam contêineres, com maior capacidade. Dessa forma, poderíamos armazenar o lixo sem nos preocuparmos com sacos jogados nas calçadas”, afirma a moradora Jovanice Gonçalves da Silva. Em alguns pontos do bairro o carro coletor de lixo não tem acesso e os moradores depositam os sacos em qualquer área pública ou mesmo na porta das residências. Freqüentemente, animais rasgam os sacos de lixos e deixam expostos materiais orgânicos e vasilhames que podem acumular água, servindo como criadouro de mosquitos.

Mais matérias
desta edição