app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5691
Cidades

Corpo de v�tima ainda n�o foi reconhecido

Até ontem à noite, o corpo da senhora de cerca de 50 anos, que morreu no acidente com ônibus, na BR-101, ainda não foi identificado e permanece no Instituto Médico Legal (IML) de Maceió. A vítima estava em um dos coletivo envolvidos no grave acidente, oco

Por | Edição do dia 28/03/2013 - Matéria atualizada em 28/03/2013 às 00h00

Até ontem à noite, o corpo da senhora de cerca de 50 anos, que morreu no acidente com ônibus, na BR-101, ainda não foi identificado e permanece no Instituto Médico Legal (IML) de Maceió. A vítima estava em um dos coletivo envolvidos no grave acidente, ocorrido na última terça-feira, em Pilar. Segundo informou a assessoria da Perícia Oficial, a empresa Itapemirim não forneceu os dados da passageira e, caso não haja o reconhecimento, a vítima poderá ser sepultada como indigente. “O corpo fica de 10 a 15 dias lá. Caso não apareça ninguém, o IML é obrigado a sepultar como indigente”. O Hospital Geral do Estado (HGE) informou que, das 21 vítimas que deram entrada na unidade, nove continuam internadas: Ricardo Rosa, 53 anos; Graça Garcia, 65 anos; Wilson Ramos, 47 anos; Marilene do Nascimento Silva, 42 anos; P.S., 6 anos; Maria da Penha da Silva, 62 anos; Edleuza Maria da Silva, 47 anos; Severino da Silva, 70 anos, e Eliane Batista, 48 anos. ‡

Mais matérias
desta edição