app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

Oper�rio ser� sepultado hoje

O corpo de Joaquim Valdomiro de Moura, de 42 anos, vítima de soterramento enquanto trabalhava na extração de barro no distrito de Pescaria, Litoral Norte de Maceió, foi liberado ontem à tarde pelo Instituto Médico Legal (IML). Abatida, Cristiane Cristiano

Por | Edição do dia 06/04/2013 - Matéria atualizada em 06/04/2013 às 00h00

O corpo de Joaquim Valdomiro de Moura, de 42 anos, vítima de soterramento enquanto trabalhava na extração de barro no distrito de Pescaria, Litoral Norte de Maceió, foi liberado ontem à tarde pelo Instituto Médico Legal (IML). Abatida, Cristiane Cristiano de Moura, irmã da vítima, lamentou o acidente no trabalho que vitimou o familiar. “A gente sai para trabalhar e não sabe o que vai acontecer”. Ela diz que o enterro será hoje, às 8h, no Cemitério Municipal, em Paripueira. O consultor operacional da Brisa Verde Terraplanagem – empregadora de Joaquim –, Francisco Luiz de Gouveia, afirmou que esse foi o primeiro caso de morte na empresa. “Acredito que foi excesso de autoconfiança, pois era um excelente operador de máquinas. No mesmo lugar já havia acontecido um deslizamento de barreira antes. Um caçambeiro que trabalhava com ele ainda tentou adverti-lo, mas Valdomiro achou que não tinha problema, foi ousado, e na primeira ação da escavadeira, a barreira arriou e caiu por cima dele”.

Mais matérias
desta edição