app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Cidades

Pre�os dos pescados est� mais alto em fun��o da Semana Santa

A Semana Santa está se aproximando e o comércio de pescados em Maceió já se prepara para receber os clientes. Os produtos variam, tem espécies para todo o tipo de gosto, e vêm de vários locais: Lagoa Mundaú, Praia do Peba, Porto da Rua, entre outros, e at

Por | Edição do dia 26/02/2002 - Matéria atualizada em 26/02/2002 às 00h00

A Semana Santa está se aproximando e o comércio de pescados em Maceió já se prepara para receber os clientes. Os produtos variam, tem espécies para todo o tipo de gosto, e vêm de vários locais: Lagoa Mundaú, Praia do Peba, Porto da Rua, entre outros, e até de fora do Estado. Os preços também variam, tanto no Mercado da Produção quanto nas balanças de peixe da orla marítima da capital alagoana. Um dos peixes mais procurados pela população nessa época, a arabaiana, custa, no mercado, R$ 7,00 o quilo, mas os comerciantes avisam: “Esse preço pode aumentar com a proximidade da Semana Santa, e chegar a R$ 10,00”, revela Núbia Luiza, que vende pescado há oito anos. Outro tipo de peixe bem procurado é a Cioba, cujo valor varia de R$ 7,00 a R$ 8,00. A cavala também é bastante consumida na Páscoa e custa R$ 7,00, no Mercado da Produção. Já a carapeba pode ser encontrada a R$ 7,00, e o curimã, R$ 4,00. Porém, se o consumidor deixar para comprar em cima da hora corre o risco de comprar a carapeba por R$ 15,00 e o Curimã por R$ 8,00. “É um absurdo. Tá tudo muito caro” - reclamou a dona de casa Maria das Graças dos Santos. Na Balança de Peixe da Pajuçara, a cioba custa R$ 6,00; a cavala, R$ 7,00; e a arabaiana, R$ 7,00. Os comerciantes dizem que os preços podem subir ou não, dependendo da quantidade do produto no mercado. “Se a quantidade diminuir, o preço tende a crescer e vice-versa”, afirmou o vendedor Gilberto José. O camarão, um dos pescados mais caros e muito procurado no período da Semana Santa, está custando de R$ 3,00 a R$ 18,00. O mais barato é o da água doce, de tamanho muito pequeno. Já o mais caro e de melhor qualidade é o Vila Franca, que custa 18 reais (na Balança da Pajuçara) e 15 reais (no mercado). O camarão barba roxa custa R$ 10,00 no mercado, e R$ 13,00 na Pajuçara. O sururu custa, hoje, de R$ 3,00 a R$ 5,00, no mercado. O filé de siri está sendo vendido a 9 reais e a lagostinha, vinda das praias do Miaí, Peba e Porto da Rua, chega a R$ 7,50 e pode passar para R$ 10,00.

Mais matérias
desta edição