app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

Shopping � interditado em Macei�

O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas lacrou, ontem, o Shopping Farol, atendendo à determinação da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor. O centro de compras só pode ser aberto quando houver comprovação de que 27 itens considerados irregulares f

Por | Edição do dia 09/05/2013 - Matéria atualizada em 09/05/2013 às 00h00

O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas lacrou, ontem, o Shopping Farol, atendendo à determinação da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor. O centro de compras só pode ser aberto quando houver comprovação de que 27 itens considerados irregulares foram ajustados pela direção da empresa. As irregularidades eram de conhecimento do Corpo de Bombeiros havia mais de dois anos, segundo apurou a reportagem da Gazeta. Não tinham sido sanadas porque a direção do Shopping Farol, valendo-se de regras legais, postergava as medidas necessárias, prometendo solução de cada um dos itens em até 30 dias. “Assim, ia ganhando tempo e não resolvia o que tinha de ser resolvido com urgência. De prazo em prazo, passaram-se quase dois anos”, explicou o coronel Paulo Marques. “Quando houve mudança na legislação, pedimos a interdição ao Ministério Público, mais uma vez”. O militar se refere à lei aprovada pela Assembleia Legislativa Estadual e sancionada pelo governo do Estado, no início do ano, determinando o imediato fechamento de estabelecimentos que não estejam com suas instalações rigorosamente dentro da lei. Era o caso do referido centro de compras.

Mais matérias
desta edição