app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

Popula��o vai �s ruas em protesto

Mesmo debaixo de muita chuva, a população de Rio Largo foi às ruas no início da noite de ontem para protestar contra a onda de violência que toma conta do município distante 27 quilômetros de Maceió. O ato foi organizado por familiares e amigos da jovem A

Por | Edição do dia 10/05/2013 - Matéria atualizada em 10/05/2013 às 00h00

Mesmo debaixo de muita chuva, a população de Rio Largo foi às ruas no início da noite de ontem para protestar contra a onda de violência que toma conta do município distante 27 quilômetros de Maceió. O ato foi organizado por familiares e amigos da jovem Aline Berto Paulino, de 21 anos, morta depois de ser atingida na cabeça por uma bala perdida, supostamente durante troca de tiros entre uma guarnição da PM e um suspeito, quando estava na porta de casa, no município, na noite do último domingo, dia 5. A concentração ocorreu na Praça do Seixo, em frente à igreja Batista que era frequentada por Aline e a poucos metros de onde a jovem foi baleada na cabeça. Aline foi socorrida, mas não resistiu morreu no Hospital Geral do Estado (HGE). A chuva forte que começou a cair em Maceió e na Região Metropolitana na tarde de ontem não foi capaz de intimidar a multidão, que se muniu de sombrinhas e guarda-chuvas para pedir Justiça. A passeata seguiu até Câmara Municipal de Rio Largo. “Felizes somos nós que temos fome e sede de justiça porque seremos saciados, pois o Senhor é rei dos reis e será justo”, dizia um dos cartazes que eram carregados por familiares de Aline, cuja foto estampava a camisa branca vestida pelos manifestantes.

Mais matérias
desta edição