app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Cidades

Anafit defende DRT seminterfer�ncias pol�ticas

Auditores fiscais do Trabalho de todo o País defenderam ontem, durante o encerramento do 20º Encontro Nacional de Auditores Fiscais do Trabalho (Anafit), no Hotel Meliá, que para garantir a transparência na atuação das Delegacias Regionais do Trabalho é

Por | Edição do dia 09/11/2002 - Matéria atualizada em 09/11/2002 às 00h00

Auditores fiscais do Trabalho de todo o País defenderam ontem, durante o encerramento do 20º Encontro Nacional de Auditores Fiscais do Trabalho (Anafit), no Hotel Meliá, que para garantir a transparência na atuação das Delegacias Regionais do Trabalho é preciso que seus dirigentes deixem de ser indicações políticas e passem a ser escolhidos entre os servidores de carreira do órgão. Segundo o coordenador do encontro, Alex Oliveira, esse foi um dos pontos em comum defendidos pelos participantes do Enafit. No encerramento do encontro, na manhã de ontem, foram aprovadas algumas deliberações apresentadas por duas comissões de estudo: de Política de classe e metas de fiscalização. As propostas aprovadas serão encaminhadas à apreciação do Ministério do Trabalho. “O crescimento da fiscalização do trabalho no País é fruto desses encontros que acontecem desde 1982”, explica Alex. Ele lembrou que a inclusão do artigo na CLT que determina pagamento dos salários até o 5º dia útil de cada mês foi uma das deliberações de um dos encontros dos auditores fiscais. Durante os seis dias de encontros foram discutidos assuntos importantes na área trabalhista, como o trabalho escravo, inclusive a Coordenação da Pastoral da Terra denunciou a existência de trabalho degradante em fazendas no interior de Alagoas”.

Mais matérias
desta edição