app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

Crea far� levantamento para apontar responsabilidade de cada um

O coordenador de Meio Ambiente do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea), Ismar Macário, explicou que o órgão vai analisar toda a documentação e fazer um levantamento no local para tentar quantificar tecnicamente as responsabilidades de cada

Por | Edição do dia 11/05/2013 - Matéria atualizada em 11/05/2013 às 00h00

O coordenador de Meio Ambiente do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea), Ismar Macário, explicou que o órgão vai analisar toda a documentação e fazer um levantamento no local para tentar quantificar tecnicamente as responsabilidades de cada empresa e do próprio município que estão provocando as quedas de barreiras e alagamentos na rodovia inaugurada em junho do ano passado. “O que a empresa Base fez não é o fator preponderante, mas agravou o problema. A obra que foi executada carecia de complementação para funcionar”. Quem tem imóveis nas redondezas agora ficou à mercê dos alagamentos. Proprietário de um sítio próximo ao Conjunto José Tenório, o morador Cícero Figueiredo não aguenta mais. “Devido a uma movimentação de terra feita pela Base Empreendimentos, aterraram o chamado riacho do Sapo e toda a área está ficando alagada, agora a própria Base já se dispôs a reabrir o canal, mas a gente não sabe se o problema é só esse”.

Mais matérias
desta edição