app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

Mutir�o vai emitir atestados de �bito

Depois de peticionar em favor de familiares de cerca de 80 pessoas que, mortas durante as paralisações dos legistas do Instituto Médico Legal Estácio de Lima (IML/Maceió), não receberam a certidão de óbito, a Defensoria Pública Estadual (DPE) deve firmar

Por | Edição do dia 25/05/2013 - Matéria atualizada em 25/05/2013 às 00h00

Depois de peticionar em favor de familiares de cerca de 80 pessoas que, mortas durante as paralisações dos legistas do Instituto Médico Legal Estácio de Lima (IML/Maceió), não receberam a certidão de óbito, a Defensoria Pública Estadual (DPE) deve firmar parceria com o Poder Judiciário para emitir o documento no dia 7 de junho próximo. Nessa data, a DPE conclui o processo de regularização dessa pendência, iniciado ontem, com um mutirão na sede do órgão. A primeira etapa foi realizada ontem, quando mais de 60% dos familiares das 142 pessoas mortas no período da greve requereram a certidão de óbito. “Recebemos documentos e fizemos a petição inicial”, disse a defensora Taiana Grave Carvalho de Melo, do Núcleo de Triagem da DPE. Ela destacou a importância da iniciativa dizendo que, por não terem ainda recebido o atestado, as famílias não puderam encaminhar ações como inventário, pensão, seguro de vida ou de acidentes.

Mais matérias
desta edição