app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Cidades

CDL n�o investir� em decora��o por falta de estrutura no Centro

O clima de Natal começa a tomar conta do comércio de Maceió, com alguns lojistas investindo em ornamentações típicas da época para atrair a clientela. Mesmo assim, iniciativas dessa natureza ainda são tímidas, considerando que falta pouco mais de um m

Por | Edição do dia 20/11/2002 - Matéria atualizada em 20/11/2002 às 00h00

O clima de Natal começa a tomar conta do comércio de Maceió, com alguns lojistas investindo em ornamentações típicas da época para atrair a clientela. Mesmo assim, iniciativas dessa natureza ainda são tímidas, considerando que falta pouco mais de um mês para o Natal. O espírito natalino ainda não contagiou os consumidores, que andam fugindo das compras. O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Wilson Barreto, informou, ontem, que pelo menos por parte da entidade não há nenhum estímulo para investir na ornamentação do comércio central de Maceió. “Do jeito que o Centro se encontra não há como investir em ornamentação natalina”, reclama Barreto. “Era preciso que a Prefeitura se preocupasse com a limpeza e a organização dos ambulantes (vendedores de frutas, verduras, feijão e churrasquinhos), pois não adianta ornamentar o comércio desse jeito”. Segundo Barreto, alguns lojistas, por iniciativa própria, estão ornamentando suas lojas. Ele reconhece que os enfeites de Natal são um atrativo para a clientela do comércio, uma vez que o setor atravessa uma situação de econômica instável. O Natal é considerado a principal data de vendas para o comércio, mas, por enquanto, a maioria das lojas permanece vazia. “O aumento nas vendas depende da liberação dos salários dos servidores, mas acreditamos que a situação deve melhorar a partir de agora, uma vez que muitas empresas começam a liberar a primeira parcela do 13º em novembro”, concluiu.

Mais matérias
desta edição