app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5756
Cidades

Moradores “abra�am” cratera que amea�a engolir casas no Tabuleiro

Moradores do Benedito Bentes promoveram, ontem, um ato de protesto contra a Prefeitura de Maceió, abraçando, simbolicamente, uma cratera localizada na Grota da Paz que ameaça engolir casas e estabelecimentos comerciais existentes à sua volta, principalmen

Por | Edição do dia 23/11/2002 - Matéria atualizada em 23/11/2002 às 00h00

Moradores do Benedito Bentes promoveram, ontem, um ato de protesto contra a Prefeitura de Maceió, abraçando, simbolicamente, uma cratera localizada na Grota da Paz que ameaça engolir casas e estabelecimentos comerciais existentes à sua volta, principalmente na Avenida Pratagy. Desde que surgiu no local, há sete anos, o imenso buraco, provocado pela erosão, já derrubou 25 casas, felizmente sem vítimas fatais. O Ministério Público, em visita ao local no início deste mês, deu um prazo de 21 dias (que se expira amanhã), para que a Prefeitura realizasse as obras de recomposição da barreira e deter a erosão, mas até agora nenhuma iniciativa foi adotada pelo poder público. Após o prazo, a Prefeitura seria multada diariamente em R$ 5 mil pelo não-cumprimento das obras. Os moradores confeccionaram um boneco, simbolizando a prefeita Kátia Born, e o derrubaram no buraco. O ato, segundo explicam, foi para chamar a atenção da prefeita para a necessidade emergente de resolver o problema. Eles temem que uma tragédia ocorra no local, pois várias casas estão com suas estruturas comprometidas por rachaduras, em função da erosão que aumenta o buraco na grota. Os moradores denunciam que estão cansados de esperar uma solução para o problema e prometem novas manifestações. Entre os prédios ameaçados está a Escola Estadual Dom Otávio Aguiar, que recentemente passou por uma reforma orçada em mais de R$ 700 mil.

Mais matérias
desta edição