app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5713
Cidades

N�mero de acidentes de trabalho cai em Alagoas

Caiu o número de acidentes do trabalho registrados pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) em Alagoas. Mas, apesar das estatísticas, o seguro continua gastando R$ 1 milhão em benefícios. Só em acidentes de trabalho são cerca de 2.900 benefícios

Por | Edição do dia 28/02/2002 - Matéria atualizada em 28/02/2002 às 00h00

Caiu o número de acidentes do trabalho registrados pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) em Alagoas. Mas, apesar das estatísticas, o seguro continua gastando R$ 1 milhão em benefícios. Só em acidentes de trabalho são cerca de 2.900 benefícios calculados pelo Ministério do Trabalho, baseado nos serviços prestados pelo instituto com a concessão de auxílio-doença, aposentadoria e pensão por acidentes. A maior parte dos acidentes de trabalho ocorre na construção civil. Em Alagoas são 352 por ano, dos quais 10% são graves, ou com vítimas fatais. Dados da Delegacia Regional do Trabalho (DRT) revelam que isso acontece porque o setor emprega o trabalhador que não possui mão-de-obra qualificada. “Quando a construção civil inicia uma obra de estrada, ou quando começa uma obra, pega todo tipo de trabalhador, alguns qualificados, como pedreiro e carpinteiro, mas completa o quadro com pessoas sem nenhum preparo, que ficam vulneráveis a todo tipo de acidente”, revela o delegado Regional do Trabalho, Tito Uchôa. Segundo ele, para evitar os acidentes de trabalho, na maioria quedas e choques elétricos, as empresas devem cumprir as normas de segurança estabelecidas pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

Mais matérias
desta edição