app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Cidades

Fam�lia enfrenta obst�culo em cemit�rio

Como se não bastasse a dor da perda, o casal Maria Cícera da Silva e Antônio Cláudio dos Santos enfrentou dificuldades, ontem de manhã, para sepultar o filho Lauã Felipe Silva dos Santos, que morreu no dia anterior vítima de choque elétrico. Segundo os pa

Por | Edição do dia 25/06/2015 - Matéria atualizada em 25/06/2015 às 00h00

Como se não bastasse a dor da perda, o casal Maria Cícera da Silva e Antônio Cláudio dos Santos enfrentou dificuldades, ontem de manhã, para sepultar o filho Lauã Felipe Silva dos Santos, que morreu no dia anterior vítima de choque elétrico. Segundo os pais, não havia espaço para enterrar a criança porque o Cemitério Municipal Nossa Senhora da Conceição, em São Luís do Quitunde, encontra-se superlotado. O sepultamento previsto para as 8 horas só aconteceu às 10h30. Os pais se negavam a enterrar o filho numa cova mais do que rasa. “Eu reclamei: disse que não ia enterrar meu filho com apenas três palmos de profundidade. Falei que ia reclamar na secretaria e o coveiro disse que eu podia ir, porque na prefeitura todo mundo sabe da situação: o cemitério não cabe mais ninguém”, contou Antônio Cláudio.

Mais matérias
desta edição