app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Cidades

Casal nega despejo de esgoto

Um dia após a Polícia Federal (PF) adiantar, durante entrevista coletiva, que os responsáveis por poluir as praias de Maceió poderão ser presos, a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) reafirmou que não está por trás das ligações clandestinas que des

Por | Edição do dia 01/07/2015 - Matéria atualizada em 01/07/2015 às 00h00

Um dia após a Polícia Federal (PF) adiantar, durante entrevista coletiva, que os responsáveis por poluir as praias de Maceió poderão ser presos, a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) reafirmou que não está por trás das ligações clandestinas que despejam esgoto nas galerias de águas pluviais. Os investigadores requisitaram informações mais detalhadas da rede coletora da parte baixa da capital e deram um prazo para que as explicações sejam dadas. Por meio de nota encaminhada à Gazeta, a distribuidora foi bem sucinta quanto à investigação tocada pela PF e pelos ministérios públicos Federal (MPF) e Estadual (MPE). Informou que, somente ontem, recebeu a demanda da polícia, cobrando vários esclarecimentos acerca do escoamento na orla da capital. O ofício da PF foi protocolado no setor correspondente da Casal e já foi dado o devido encaminhamento.

Mais matérias
desta edição