app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Cidades

Casal critica medida e reclama de preju�zos financeiros

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) prorrogou, até 31 de julho, a vazão reduzida de 900 metros cúbicos por segundo do reservatório de Sobradinho, na Bahia, de onde provém a água atualmente disponível na barragem de Xingó, entre Piranhas (A

Por | Edição do dia 01/07/2015 - Matéria atualizada em 01/07/2015 às 00h00

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) prorrogou, até 31 de julho, a vazão reduzida de 900 metros cúbicos por segundo do reservatório de Sobradinho, na Bahia, de onde provém a água atualmente disponível na barragem de Xingó, entre Piranhas (AL) e Canindé do São Francisco (SE). Inicialmente, o volume de água liberado ao reservatório de Xingó tinha sido reduzido de 1.300 m³/s para 1.100 m³/s, como consequência da escassez de chuvas e ainda com a finalidade garantir o mínimo de água em Sobradinho, que armazena, atualmente, menos de 20% de sua capacidade original. “Se não houver água suficiente em Sobradinho, o abastecimento de Xingó, aí em Alagoas, fica complicado, comprometido. É preciso garantir água lá para não haver escassez total aí”, explicava, ontem, Maciel Oliveira, secretário-executivo do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco.

Mais matérias
desta edição