app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Cidades

Servidores da Ufal mant�m greve

Os servidores administrativos e técnicos da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) decidiram, ontem, em assembleia realizada no campus A.C. Simões, no Tabuleiro do Martins, em Maceió, rejeitar a proposta do governo. Com a decisão, a greve que paralisou as

Por | Edição do dia 02/07/2015 - Matéria atualizada em 02/07/2015 às 00h00

Os servidores administrativos e técnicos da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) decidiram, ontem, em assembleia realizada no campus A.C. Simões, no Tabuleiro do Martins, em Maceió, rejeitar a proposta do governo. Com a decisão, a greve que paralisou as atividades na federal alagoana, reforçada pela adesão dos professores daquela instituição, chega hoje ao 32º dia. Mobilizados pela entidade sindical da classe, os servidores reivindicam 27,3% de reposição salarial, referente, segundo alegam, à inflação do período entre julho de 2011 e julho de 2016. O governo propõe reajustar os salários em 21,3%, parcelando esse índice anualmente, de 2016 a 2019. Para os servidores, a proposta fica muito abaixo do que reivindicam. “Além disso, temos que considerar que a inflação está muito acima dos 5% anunciados oficialmente”, argumenta Jeamerson dos Santos, da coordenação do Sindicato dos Técnico-Administrativos da Ufal.

Mais matérias
desta edição