app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5729
Cidades

Pensionista fica sem assist�ncia

A Gazeta recebeu, na manhã de ontem, uma denúncia de que militares, dependentes e pensionistas do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Maceió (DTCEA-MO) – subordinado ao Terceiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindact

Por | Edição do dia 03/07/2015 - Matéria atualizada em 03/07/2015 às 00h00

A Gazeta recebeu, na manhã de ontem, uma denúncia de que militares, dependentes e pensionistas do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Maceió (DTCEA-MO) – subordinado ao Terceiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta III) – estão sem atendimento médico há mais de 100 dias. Isaac Newton, filho da pensionista Ena Ruchell de Araújo, de 88 anos, entrou em contato com a redação para relatar a situação de sua mãe, que depende do serviço e não tem previsão de ser atendida. Além de estar permanentemente acamada por possuir osteoporose, Ena vem sofrendo com uma gripe e precisa de uma ambulância para se deslocar até alguma unidade de saúde, porém, não sabe mais como recorrer. “A informação que recebi é a de que o contrato que a Aeronáutica tinha com a rede credenciada que nos atendia havia terminado e que o órgão está buscando novas unidades para a prestação do serviço através de editais, porém, enquanto isso não ocorre, estamos sem cobertura alguma, tendo que recorrer às redes pública ou particular para tentar amenizar a situação”, disse Isaac. * Sob supervisão da editoria de Cidades.

Mais matérias
desta edição