app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5729
Cidades

Sesau perde R$ 50 mi em rem�dios

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) pode ter sofrido um prejuízo de R$ 50 milhões, gerado pela incineração de 50 toneladas de medicamentos em desconformidade para uso em função do armazenamento inadequado na gestão do secretário Jorge Villas Bôas, que

Por | Edição do dia 10/07/2015 - Matéria atualizada em 10/07/2015 às 00h00

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) pode ter sofrido um prejuízo de R$ 50 milhões, gerado pela incineração de 50 toneladas de medicamentos em desconformidade para uso em função do armazenamento inadequado na gestão do secretário Jorge Villas Bôas, que assumiu a secretaria em fevereiro de 2013. A denúncia é do Conselho Estadual de Saúde (CES) de Alagoas e foi feita por meio de rede social. O colegiado cobra explicações do ex-secretário sobre os motivos do armazenamento irregular. De acordo com CES, a informação do descarte do material foi relatada aos conselheiros pela atual secretária de Saúde, Rozangela Wyszomirska, durante a reunião da última sessão ordinária. A secretária teria prestado esclarecimento sobre um contrato celebrado pela Sesau com uma empresa, que tinha como objetivo “a prestação de serviços contínuos especializados de modernização e gestão integrada de estoques e informações”. POSTOS E HOSPITAIS Ainda segundo o conselho, a secretária relatou, durante a reunião do colegiado, que os medicamentos deveriam ter sido destinados a diversos postos de saúde, hospitais e à própria secretaria, com objetivo de salvar a vida de centenas de alagoanos. O CES esclareceu ainda que, no total, foram incineradas 50 toneladas de medicamentos.

Mais matérias
desta edição