app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Cidades

Sindicatos discutem greve geral

Entidades sindicais reúnem-se, hoje, às 16h30, na sede da CUT/AL, na Cambona, para definir a programação da greve geral em Alagoas, no próximo dia 21. A greve é um protesto contra o Projeto de Lei 131/01 que está tramitando no Senado. O PL altera o artigo

Por | Edição do dia 05/03/2002 - Matéria atualizada em 05/03/2002 às 00h00

Entidades sindicais reúnem-se, hoje, às 16h30, na sede da CUT/AL, na Cambona, para definir a programação da greve geral em Alagoas, no próximo dia 21. A greve é um protesto contra o Projeto de Lei 131/01 que está tramitando no Senado. O PL altera o artigo 618 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), permitindo que o acordo ou convenção coletiva substitua a lei. Para a manutenção dos direitos históricos trabalhistas, como: férias, décimo terceiro, licenças maternidade e paternidade, adicional noturno e o pagamento de horas extras, a CUT e as entidades sindicais estarão intensificando as ações de mobilização para a concretização da greve geral. Os sindicatos estão trabalhando para que todos os servidores se engajem na luta contra a flexibilização dos direitos trabalhistas. “A greve geral mostrará ao governo federal que a população não aceita a flexibilização da CLT”, diz o presidente do Sindpol, José Carlos Fernando Neto. Na reunião, os sindicalistas estarão definindo a programação da greve geral. As entidades pretendem realizar ato público com apresentações culturais em frente ao prédio da Delegacia Regional do Trabalho.

Mais matérias
desta edição