app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Cidades

Alunos cobram reestrutura��o da Uncisal

Na manhã de ontem, estudantes da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) realizaram um protesto na porta da instituição, localizada no bairro do Trapiche, parte baixa da capital, com o intuito de reivindicar melhorias administrativ

Por | Edição do dia 29/07/2015 - Matéria atualizada em 29/07/2015 às 00h00

Na manhã de ontem, estudantes da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) realizaram um protesto na porta da instituição, localizada no bairro do Trapiche, parte baixa da capital, com o intuito de reivindicar melhorias administrativas e estruturais no local. Conforme informações repassadas por alunos, a reestruturação da universidade já dura mais de um ano e, devido ao processo de reforma, os estudantes tiveram que ser transferidos para escolas estaduais, que, segundo eles, não possuem nenhum tipo de estrutura para atender às demandas dos cursos. “Estamos sofrendo com o descaso do governo. Precisamos ser respeitados e tratados como futuros profissionais da saúde. Hoje, é notável que a Uncisal passa por uma crise interna. Essa reforma já dura mais de um ano e nada é resolvido. Enquanto isso, estamos em salas repletas de fezes de animais, sem ventilação e iluminação”, explica o representante do Diretório Central dos Estudantes da instituição, Hemmel Amorim. De acordo com a estudante de Fisioteparia, Ana Maria, o protesto ocorreu pela falta de consideração do poder público com a comunidade acadêmica. “Estamos protestando por uma unidade de ensino tradicional no Estado e não entendemos o motivo pelo qual a administração pública está sucateando o nosso ensino. A comunidade acadêmica é totalmente contra a esse tipo de política estudantil. É uma falta de respeito para com todos que estudam na Uncisal”, ressalta. * Sob supervisão da editoria de Cidades.

Mais matérias
desta edição