app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Cidades

M�dicos do PAM Salgadinho param

A população de Maceió que utiliza os serviços médicos do Posto de Atendimento Médico (PAM) Salgadinho, localizado no bairro do Poço, ficará sem atendimento médico a partir da próxima segunda-feira, 3, devido à greve dos médicos por tempo indeterminado. A

Por | Edição do dia 30/07/2015 - Matéria atualizada em 30/07/2015 às 00h00

A população de Maceió que utiliza os serviços médicos do Posto de Atendimento Médico (PAM) Salgadinho, localizado no bairro do Poço, ficará sem atendimento médico a partir da próxima segunda-feira, 3, devido à greve dos médicos por tempo indeterminado. A decisão de suspender as atividades na unidade de saúde foi tomada em assembleia ocorrida no começo da semana. Segundo o presidente do Sindicato dos Médicos de Alagoas (Sinmed/AL), Wellington Galvão, a entidade já acionou o Ministério Público e o Tribunal de Justiça para intermediar as negociações com a prefeitura, responsável pela gestão da unidade de saúde. “Já enviamos ofícios aos órgãos responsáveis e estamos aguardando o agendamento de uma reunião com a prefeitura para ver quais serão as medidas a serem tomadas. A reivindicação da categoria é quanto às condições de trabalho, tendo em vista que a situação na unidade é de calamidade. Vários equipamentos estão sem funcionar”, relata Wellington. Ainda de acordo com o presidente, o serviço de pequenas cirurgias já está sem funcionar há quatro anos por falta de estrutura. “Há quatro anos as pequenas cirurgias foram suspensas. Os médicos usam recursos próprios para adquirir os materiais necessários ao atendimento. As salas não têm ar-condicionado, a rede elétrica é falha, as paredes chegam dar choque. Até a água que sai da torneira é barrenta. Não tem condições de trabalhar”, desabafa Galvão. * Sob supervisão da editoria de Cidades.

Mais matérias
desta edição