app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Cidades

Servidores do INSS mant�m paralisa��o

A greve dos servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Alagoas entra hoje no 23º dia com a categoria reafirmando a disposição de manter os braços cruzados até que o governo federal avance na contraproposta às suas reivindicações. Ontem,

Por | Edição do dia 01/08/2015 - Matéria atualizada em 01/08/2015 às 00h00

A greve dos servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Alagoas entra hoje no 23º dia com a categoria reafirmando a disposição de manter os braços cruzados até que o governo federal avance na contraproposta às suas reivindicações. Ontem, em mais uma assembleia de avaliação do movimento, cerca de 120 previdenciários decidiram rejeitar o índice proposto pelo governo e manter a paralisação. Os servidores querem reajuste salarial de 27,5%, com aumento gradual durante os próximos quatro anos. O governo respondeu propondo reajuste de 21,3%, com parcelamento em quatro anos. A pauta reivindicatória inclui ainda a incorporação das gratificações, aumento dos valores do tíquete-alimentação, vale-transporte, auxílio-saúde e auxílio-creche. Na contraproposta, o governo avançou na questão das gratificações e da insalubridade, mas, em relação ao reajuste, nada mudou. Por isso a decisão foi pela continuidade da greve, disse a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Seguridade Social e Trabalho no Estado de Alagoas (Sindprev-AL), Lúcia Maria dos Santos. Na negociação com o comando de greve, o governo sinalizou positivamente sobre a mudança da carga horária para 30 horas para todos os servidores da previdência.

Mais matérias
desta edição