app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Cidades

Prefeitura deve ir � Justi�a contra greve

A Prefeitura de Maceió deve ir à Justiça caso os médicos decidam fechar a unidade na próxima segunda-feira, 3. Conforme o Executivo municipal, o movimento grevista é encabeçado por uma minoria de médicos que se nega a aceitar a instalação do ponto eletrôn

Por | Edição do dia 01/08/2015 - Matéria atualizada em 01/08/2015 às 00h00

A Prefeitura de Maceió deve ir à Justiça caso os médicos decidam fechar a unidade na próxima segunda-feira, 3. Conforme o Executivo municipal, o movimento grevista é encabeçado por uma minoria de médicos que se nega a aceitar a instalação do ponto eletrônico. A Secretaria Municipal de Comunicação explica que a instalação do ponto eletrônico no PAM atende a uma recomendação do Ministério Público Estadual (MPE/AL). A instalação do equipamento, diz a Secom, é irrevogável e acontecerá com ou sem greve. “O prefeito já informou que, havendo o fechamento do PAM, as medidas legais serão tomadas, entre elas uma diz respeito a ir à Justiça em busca de uma solução para o caso. Estamos abertos ao diálogo, mas é preciso que se respeite a lei”, destacou o secretário de comunicação, Clayton Santos. Em entrevista à imprensa, o prefeito Rui Palmeira (PSDB) declarou que os profissionais devem cumprir a carga horária, como previsto em lei. O prefeito afirmou ainda que nos próximos dias vai divulgar a frequência dos médicos no PAM.

Mais matérias
desta edição