app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Cidades

Bolsistas voltam a ocupar Reitoria

Um grupo formado por 30 estudantes bolsistas da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) ocupou ontem o prédio da reitoria, no Campus A. C. Simões, em Maceió, para cobrar pagamentos atrasados das bolsas. Até o final da tarde, o grupo, que já praticou essa a

Por | Edição do dia 14/08/2015 - Matéria atualizada em 14/08/2015 às 00h00

Um grupo formado por 30 estudantes bolsistas da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) ocupou ontem o prédio da reitoria, no Campus A. C. Simões, em Maceió, para cobrar pagamentos atrasados das bolsas. Até o final da tarde, o grupo, que já praticou essa ação em três outras ocasiões este ano, permanecia no local, mesmo depois de informados de que o atraso se deve ao que a Reitoria definiu como “inconsistência de dados”. Os estudantes reclamam que as bolsas complementares estão sem pagamento há cerca de três meses. Eles solicitaram ainda que o pagamento ocorra no quinto dia útil do mês, e que os bolsistas tenham livre acesso ao Restaurante Universitário (RU). Os manifestantes deveriam participar de uma reunião com o reitor Eurico Lôbo e pró-reitores, mas se negaram a ser representados por uma comissão de apenas 10 bolsistas. O desejo deles era que todos os que participavam da manifestação fossem incluídos na sala onde o atraso do pagamento seria discutido. Com a negativa, o reitor se reuniu somente com representantes das pró-reitorias Estudantil (Proest), de Graduação (Prograd), de Pesquisa e Pós-graduação (Propep), além do Departamento de Contabilidade e Finanças (DCF) e Restaurante Universitário (RU), buscando formas de resolver as pendências relacionadas ao pagamento dos bolsistas.

Mais matérias
desta edição