app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Cidades

Professora ministra aula embaixo de �rvore

A atitude de uma professora de Artes, do quadro efetivo da rede pública estadual de ensino, tem causado burburinho na Escola Eunice de Lemos Campos, no Benedito Bentes 1, e ganhou visibilidade nas redes sociais. Recém-concursada, a professora Luana Macena

Por | Edição do dia 15/08/2015 - Matéria atualizada em 15/08/2015 às 00h00

A atitude de uma professora de Artes, do quadro efetivo da rede pública estadual de ensino, tem causado burburinho na Escola Eunice de Lemos Campos, no Benedito Bentes 1, e ganhou visibilidade nas redes sociais. Recém-concursada, a professora Luana Macena de Melo está nesse colégio há pouco mais de um ano, resolveu não aderir à greve da categoria e cumprir o calendário escolar até o fim do ano. Depois de encontrar a escola fechada nas quatro vezes que tentou dar aula, a professora decidiu montar a estrutura de sua disciplina no pátio externo. O conteúdo foi exposto aos alunos debaixo de uma árvore, com Luana caracterizada de ninfa grega. Apesar da maneira pouco casual de agir, a educadora garante que não tem a intenção de se expor. Seu maior objetivo, garante, é manter a rotina nas aulas, sem prejudicar o direito de aprendizado, resguardado aos estudantes. “Eu escolhi ser professora, apesar do salário vergonhoso. Não tenho o direito de prejudicar quem não tem culpa de nada disso, os alunos, que, em sua maioria, ainda nem votam”, afirmou. Ela revela que três aulas já foram ministradas na área externa da escola (nos dias 29 de julho, 4 e 10 de agosto). No dia 12, a professora chegou a aplicar provas normalmente ali mesmo. Luana garante que ninguém da direção apareceu para abrir os cadeados da escola. “Adaptei um transformador de bateria de carro e levei o meu próprio projetor para ministrar as aulas. Como professora de Artes, é normal me vestir de personagens para expor melhor o conteúdo”, justifica a professora.

Mais matérias
desta edição