app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5729
Cidades

Fam�lia apela por assist�ncia m�dica

Após familiares fazerem vários apelos nas redes sociais, o pequeno Lucas Gabriel – que, com apenas 53 dias de vida, sofre de doença rara e ainda não diagnosticada – será transferido do Hospital Universitário, em Maceió, para uma unidade especializada em B

Por | Edição do dia 18/08/2015 - Matéria atualizada em 18/08/2015 às 00h00

Após familiares fazerem vários apelos nas redes sociais, o pequeno Lucas Gabriel – que, com apenas 53 dias de vida, sofre de doença rara e ainda não diagnosticada – será transferido do Hospital Universitário, em Maceió, para uma unidade especializada em Brasília. O bebê não consegue absorver as vitaminas necessárias para o seu desenvolvimento. De acordo com a tia de Lucas Gabriel, Leila Cristina, apesar das inúmeras tentativas, em Alagoas, os médicos não conseguiram apontar precisamente o diagnóstico. Por isso, explica ela, Gabriel necessita ser transferido com urgência, a fim de que seja assistido por equipe médica especializada. A transferência do recém-nascido – que tem perdido peso devido a um quadro agudo de desidratação – deve acontecer nesta terça-feira. A suspeita é a de que o pequeno Lucas – que já esteve internado no HGE – sofra de alguma disfunção intestinal. “Lucas precisa ir de UTI aérea, e acompanhado de uma equipe médica, pois seu estado é grave. Nosso guerreiro vem resistindo há mais de 51 dias nos hospitais do Estado, sem poder comer nada. Tudo é aplicado diretamente na veia. Vamos tentar sensibilizar as autoridades e o Ministério Público para conseguirmos essa UTI. Ajudem-nos, em nome de Jesus”, escreveu a tia, antes da notícia de que o bebê será transferido, em sua página no Facebook.

Mais matérias
desta edição