app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5736
Cidades

Fam�lia procura por jovem desaparecida

O desaparecimento da universitária Lilianne da Silva Cirino, de 25 anos, está intrigando a polícia de Marechal Deodoro. A jovem foi vista pela última vez na madrugada de sábado, na companhia de uma amiga e de dois homens desconhecidos, em um posto de comb

Por | Edição do dia 20/08/2015 - Matéria atualizada em 20/08/2015 às 00h00

O desaparecimento da universitária Lilianne da Silva Cirino, de 25 anos, está intrigando a polícia de Marechal Deodoro. A jovem foi vista pela última vez na madrugada de sábado, na companhia de uma amiga e de dois homens desconhecidos, em um posto de combustíveis localizado no trevo da Praia do Francês. Desde então, não manda notícias para a família. O delegado Thiago Prado iniciou a investigação e busca identificar os rapazes com quem a estudante se divertia para tentar esclarecer o fato. Até ontem, cinco testemunhas haviam sido ouvidas pela polícia, entre parentes e a amiga de Lilianne. De acordo com o delegado, a colega relatou que as duas saíram do centro de Marechal Deodoro, durante a noite de sábado, com a intenção de irem a uma festa. Após o evento, ela informou que foram ao posto, onde frequentemente jovens se reúnem para balada. Em seguida, a amiga conta que foi para casa e Lilianne decidiu ficar na companhia dos homens. Quando desapareceu, a universitária usava camiseta vermelha com desenho de uma prancha na parte da frente e de trás, além de uma bermuda jeans e um boné cor-de-rosa. “Ela sempre saía para se divertir, mas nunca deixou de retornar para casa. Ela estava tranquila, sem problemas em casa, solteira e não havia motivos para sumir”, afirmou Priscila Cirino, irmã da jovem.

Mais matérias
desta edição