app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Cidades

TJ faz audi�ncia por videoconfer�ncia

O Poder Judiciário de Alagoas realizou, na tarde da última quarta-feira, 19, a primeira audiência por meio de videoconferência do Estado. A comunicação foi estabelecida entre a 17ª Vara Criminal da Capital, no Fórum do Barro Duro, e o Presídio do Agreste,

Por | Edição do dia 21/08/2015 - Matéria atualizada em 21/08/2015 às 00h00

O Poder Judiciário de Alagoas realizou, na tarde da última quarta-feira, 19, a primeira audiência por meio de videoconferência do Estado. A comunicação foi estabelecida entre a 17ª Vara Criminal da Capital, no Fórum do Barro Duro, e o Presídio do Agreste, onde o preso se encontra. A ação teve caráter experimental e faz parte do convênio que será firmado entre a Justiça alagoana e o governo estadual para minimizar os problemas com a transferência de presos. A expectativa é que, até o mês de outubro deste ano, todas as unidades criminais do Estado tenham os equipamentos para a realização das videoconferências. De acordo com o magistrado Maurício César Brêda Filho, presidente do Conselho Estadual de Segurança Pública (Conseg), a parceria atende a apelos de operadores do Direito. “Um dos grandes reclamos de todos os juízes criminais de Alagoas é a ausência dos presos nas audiências, fazendo com que sejam adiadas”, disse. Maurício Brêda ressaltou também que a transferência dos presos até os fóruns para a realização de audiências será dispensada a longo prazo. “Isso garantirá a segurança do próprio preso, que não correrá riscos durante o deslocamento, do agente público responsável pela remoção, do magistrado, de todos que operam com o Direito e das testemunhas que poderão ser ouvidas sem a presença do réu”, destacou.

Mais matérias
desta edição